terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Feliz Natal e um Excelente 2009!

Mesmo já em cima da véspera de Natal aproveito para desejar a todos um "Feliz Natal e um Excelente 2009" com este bem humorado e pertinente postal do Bruno Rafael, um amigo terceirense já de longa data (desde os Patinhos no colégio...)!

In http://bonecosdobruno.blogspot.com/

quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Carrilho da Graça vence Prémio Pessoa 2008

"Olhar o território como um príncipe
Ver o território como um príncipe ou como sempre foi visto por quem gosta do território: «Grandes amplitudes», «uma envolvente luminosidade» e uma «sofreguidão do espaço a que os seus projectos aspiram», nas palavras de Gonçalo Byrne. Carrilho da Graça ganhou a maior distinção dada às artes e às ciências em Portugal. É um grande admirador de Andrea Palladio, Giuseppe Terragni, Le Corbusier, Mies van der Rohe e, claro, de Siza Vieira. O Prémio Pessoa 2008, com duas décadas de existência (foi instituído em 1987 pelo Jornal Expresso), consagrou um arquitecto pela segunda vez. Depois de Eduardo Souto de Moura, foi a vez do foco dos média incidir sobre João Luís Carrilho da Graça e sobre a arquitectura em particular.À Agência Lusa, João Luís Carrilho da Graça manifestou o desejo de que o prémio contribua, com a visibilidade pública que proporciona, para a melhoria da prática arquitectónica."
«O mundo está sempre em evolução. Em desacerto e em desequilíbrio. O trabalho dos artistas em geral, e dos arquitectos em particular, é encontrarformas de olhar o mundo de maneira positiva, reconduzindo-o ao homem. É sempre possível reencontrar equilíbrios, só que eles não são estáticos: não têm o mesmo valor dos que existiam antes»
João Luís Carrilho da Graça

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Niemeyer celebra 101 anos!


Oscar Niemeyer
Museu de Arte Contemporânea de Niterói- Rio de Janeiro

Brasília

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Lançamento livro "Angra do Heroísmo: Aspectos Urbano-Arquitectónicos"

de José Manuel Fernandes
8 de Dezembro pelas 20:30
Salão Nobre dos Paços do Concelho
de Angra do Heroísmo

sexta-feira, 28 de novembro de 2008

"Angra, 25 anos de Património Mundial - Perspectivas para o Futuro"

No próximo dia 4 de Dezembro, pelas 21h00, no Centro Cultural de Angra decorrerá o Colóquio "Angra, 25 anos de Património Mundial - Perspectivas para o Futuro", evento que fecha o Ciclo de Mesas redondas que têm ocorrido durante este ano no âmbito dos festejos da classificação da cidade. Este Colóquio será baseado no programa "Frente-a-Frente" da RDP/RTP Açores, apresentado por Armando Mendes, em versão "ao vivo" e aberta ao público. Contará também com a presença habitual de Reis Leite, Milton Sarmento, José San-Bento e Nuno Melo Alves.
O Arqt.º José Parreira será um dos convidados a participar também neste Colóquio. Participe também nesta discussão e reflexão.
Alto das Covas em tempos...

domingo, 16 de novembro de 2008

Arquitectura | literatura

"Tudo será construído no silêncio, pela força do silêncio, mas o pilar mais forte da construção será uma palavra. Tão viva e densa como o silêncio e que, nascida do silêncio, ao silêncio conduzirá."

In O Aprendiz Secreto, de António Ramos Rosa

quinta-feira, 13 de novembro de 2008

Relaxando um pouco...


quarta-feira, 12 de novembro de 2008

Antigo Hospital militar de Angra à venda

Foi com alguma preocupação, que tomei conhecimento que o Hospital da Boa Nova, localizado em Angra do Heroísmo, está à venda! Sinceramente, não sei bem que implicações pode trazer ao futuro deste imóvel de grande qualidade arquitectónica. Mas de facto, é urgente que se faça algo para impedir a autodestruição do imóvel, seja quem for, visto que o Estado até à data nada fez.
Consta que este edifício estaria destinado a albergar a vasta colecção militar do Museu de Angra, passando a ser uma extensão deste mesmo museu, pelo menos assim se ambicionava. Parece-me um fim excelente para o Património em causa, coadunando-se perfeitamente o tema desta colecção à génese militar do edifício. Mas falta que o Estado queira ceder este exemplar à Região para que esta projecto seja possível.
Espero que ainda estejamos a tempo de travar esta acção que me deixa um tanto apreensiva, e que o Governo Regional consiga inverter esta medida, tendo em conta o objectivo que têm para ele.
Ainda ontem, num depoimento à RDP Açores, o Dr. Jorge Bruno, Director do Museu de Angra do Heroísmo e Presidente do Instituto Açoriano de Cultura, referia ser necessário trazer este tema a debate da sociedade açoriana. Acho uma excelente ideia, e aguardo o seu agendamento para breve, tendo em vista que podemos unir esforços no intuito de tentar "atribuir" o edifício ao Museu de Angra.

Imagens recolhidas na Biblioteca Pública e Arquivo de Angra do Heroísmo

A Arte e a Mulher

video

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Cancelamento de acção de formação da OA em Angra do Heroísmo

"A Delegação dos Açores informa que a acção de Formação Regime Jurídico – Urbanização e Edificação, prevista para o 12 de Novembro/08 em Angra do Heroísmo, na Sala de Formação do Pavilhão Multiusos é cancelada por não haver o número mínimo de 10 inscritos.
A mesma é transferida para Ponta Delgada, em data a agendar e a comunicar oportunamente."

domingo, 9 de novembro de 2008

Angra sobre uma Mesa Redonda...

Sexta feira à noite, enquanto ecoavam alguns acordes do concerto da Ágata pela cidade de Angra do Heroísmo, decorria a Mesa Redonda subordinada ao tema " A importância do Papel da Comunicação Social na Divulgaçao e Promoção do Património".
Este colóquio, que contou com a presença dos oradores, Sidónio Bettencourt (RDP e RTP Açores), José Lourenço (DI) e Júlio Magalhães (TVI), acabou por centralizar-se na discussão da promoção de Angra do Heroísmo, e mesmo da ilha Terceira, no exterior.
Penso que a conclusão a que se chegou foi que ainda não sabemos bem o que queremos para Nós, não sabemos se queremos "vender", promover Angra... e esta realidade reflecte-se verdadeiramente na ausência de estratégias cirúrgicas e agressivas, com objectivos claros.
Tenho acompanhado este Ciclo de "discussões", digamos assim, integrado na Comemoração dos 25 anos desta cidade a Património Mundial, e de facto tem-se constantemente chegado a este ponto em quase todas as mesas redondas.
Enquanto não houver consenso e não definirmos o que queremos "vender" no exterior, que imagem pretendemos transmitir, será dificil colhermos frutos. É necessário fazer chegar o que temos de bom ao exterior, o Património arquitectónico e imaterial, as tradições populares, a gastronomia, as lendas... e não só as cassetes de marradas. Urgente também é trazer cá algumas personalidades, captar o interesse de empresas de comunicação social e mostrar o nosso potencial.
Coincidente também com esta data, tem início um Colóquio Internacional organizado pela faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa sobre "O Património Urbano e Arquitectónico dos Países de Lingua Portuguesa", onde estarão presentes os principais especialistas em património urbano e arquitectónico de expressão portuguesa no Mundo. Neste contexto estará como orador o Dr. Jorge Bruno, presidente do IAC- Instituto Açoriano da Cultura e director do Museu de Angra do Heroísmo, para apresentar o Projecto do Inventário do Património Imóvel dos Açores. Penso que este é um excelente exemplo de como promover o nosso Património lá "fora", exteriorizando um dos melhores produtos que temos, a nossa cultura arquitectónica. Numa altura em que continua incógnito quem irá ocupar o cargo de chefia da Direcção Regional da Cultura, parece-me óbvio quem seria a melhor opção.
E no meio de tantas coincidências, num livro que adquiri ontem na Feira do Outono Vivo 2008, "Terras de Maravilha- Os Açores e a Madeira", de Oldemiro César, Ed. José Francisco d'Oliveira, 2.ª ed.,1944, encontrei a seguinte introdução:
"Graças à iniciativa inteligentíssima e patriótica do Sr. Dr. José Bruno Carreiro, director ilustre do Correio dos Açores, em 23 de Maio deste ano do Senhor de 1924, a bordo do vapor Lima, da Empresa Insulana, uma missão de escritores, professores, artistas e jornalistas partia em demanda das terras encantadas do arquipélago açoriano, num louvável propósito de propaganda das belezas e condições de vitalidade económica das nossas ilhas, que o continente ingratamente despreza, verdadeira missão de estudo de que teve a honra de fazer parte o autor deste livro como enviado especial do Diário de Notícias.(...)"
Minimamente curioso...não?

sábado, 8 de novembro de 2008

Campus Universitário de Angra do Heroísmo | Fase 2 obra

Projecto: Jorge Figueira + Paulo Ferreira

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

Livro "São Salvador de Angra. Uma Catedral Sebástica."

No próximo dia 10 de Novembro, será apresentado pelo Arqt. João Vieira Caldas, na Galeria do IAC, pelas 21h00, o livro "São Salvador de Angra- Uma Catedral Sebástica", de Mateus Laranjeira. Esta obra publicada pelo IAC tem como génese a Tese de Doutoramento da Universidade do Algarve elaborada pelo autor, tendo sido orientada pelo Prof. Horta Correia, docente que se jubilou no passado dia 1 de Outubro.

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Património e Comunicação Social em discussão | Mesa redonda

No próximo dia 7, pelas 21h00, decorrerá no Centro Cultural de Angra do Heroísmo, uma mesa redonda subordinada ao tema "A importância do Papel da Comunicação Social na Divulgação e Promoção do Património".
Este tema e debate está integrado no Ciclo de Conferências Comemorativas dos 25 anos de Angra Património Mundial, e terá como oradores Júlio Magalhães (TVI), José Lourenço (DI) e Sidónio Bettencourt (RDP-Açores).
É de facto um assunto pertinente. A Comunicação Social tem um papel importante a desempenhar, tem responsabilidades na protecção do Património. Será que tem actuado de forma eficaz no que diz respeito a esta problemática? Será que programas como "Os Açores e o Património", transmitido anos a fio pela RTP Açores pós-sismo, apresentado por Jorge Forjaz, não têm sentido existir nos tempos que correm? Será que os açorianos estão realmente informados sobre a sua história e sobre o significado de Angra do Heroísmo no panorama das rotas atlânticas?
Enfim. São questões que podem ser discutidas nesta Mesa redonda.

Definições:

Património: herança paterna; bens de família; bens necessários para ordenar um eclesiástico; dote dos ordinandos; propriedade.

Comunicação Social: é um campo de conhecimento acadêmico que estuda a comunicação humana e questões que envolvem a interação entre os sujeitos em sociedade. A comunicação social lida com as técnicas de transmissão da informação, o formato com que a informação é transmitida, e os impactos que a informação terá na sociedade e a relação entre os sujeitos em uma situação comunicativa.

quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Candidaturas - Gabinete técnico da Vinha do Pico

Encontram-se abertas as candidaturas ao programa Estagiar L - durante o mês de Novembro - para dois técnicos recém-licenciados/recém-profissionalizados, no Gabinete Técnico da Vinha do Pico:
-1 Geógrafo
-1 Arquitecto

Para mais informações contactar o Gabinete Técnico da Vinha do Pico 292 207 375.
Imagem foi retirada da internet

Arquitectura | Literatura

"(...) As casas do Douro têm um salão contíguo ao pátio de entrada; em geral, uma sala com tecto de masseira pintado de branco e pesadas portadas as janelas de guilhotina. Estes solares pobres que nasciam como refúgio de fidalgos arruinados e se iam acrescentando de varandas envidraçadas e alcovas em tabique onde luziam os ouropéis dos quadradinhos dos milagres, havia-os no Douro em profusão.(...)"

In Fanny Owen, de Agustina Bessa-Luís, p.13

Definição:
TECTO DE MASSEIRA:Tecto geralmente de madeira, constituído, pelo menos, por cinco secções planas, quatro das quais, em forma de trapézio isósceles, acompanham a inclinação das águas do telhado, enquanto uma quinta, rectangular, faz o remate superior horizontal. O nome decorre do facto de ser semelhante a uma masseira de amassar pão invertida e ampliada.

sábado, 25 de outubro de 2008

Apresentação projecto Museu dos Coches

"Os arquitectos Paulo Mendes da Rocha e Ricardo Bak Gordon vão apresentar, no auditório da sede nacional da Ordem dos Arquitectos, o projecto para o novo Museu dos Coches no próximo dia 29 de Outubro, às 21 horas. A sessão tem entrada livre."

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Mais uma edição da Feira Outono Vivo

Este ano, a terceira edição da Feira Outono Vivo, na cidade da Praia da Vitória, ilha Terceira, Açores "conta com mais de 150 editoras, sendo a Feira do Livro a grande atracção desta semana cultural que decorre entre o dia 31 de Outubro a 09 de Novembro.
Workshops, Palestras, Concurso Literário, Música, Exposições, Dança, Teatro e Livros serão os principais ingredientes que farão da Praia da Vitória a Capital Açoriana da Cultura durante o Outono Vivo 2008.
O Evento engloba o Festival do Ramo Grande que conta com a participação da banda do britânico Albert Lee e do húngaro Kalman Balogh, agendado para os dias 1 e 2 de Novembro."
Uma visita à feira do Livro é para mim imprescindível!

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Site de Arquitectura muito interessante

http://www.noticiasarquitectura.info/default.asp

Este é o endereço do site que me foi fornecido por uma amiga. É de facto muito interessante para quem exerce nesta área.
Existe a possibilidade de subscrição também. Na secção especiais pode encontrar projectos com uma pequena memória descritiva, desenhos técnicos e fotos das obras.

domingo, 12 de outubro de 2008

Arquitecturas | literatura

"(...)E todos lembraram a pequena casa dos pais de Milu, com sua portinha de postigo, suas três janelas de tamanho desigual, mal vestida de barro e pintado com a cal que a chuva fazia cair. Tinha cozinha, meio da casa e um quartinho de cama (o dos pais), enquanto ela e a irmã dormiam sobre o estrado do meio da casa e os irmãos num colchão, a lastro, no sotão improvisado no tecto da cozinha. De resto, havia um pequeno quintal que, para além das hortaliças, tinha uma retrete entre o curralinho do porco e a rua das galinhas.(...)"

In Já Não Gosto de Chocolates de Álamo Oliveira, Edições Salamandra, 1999, p.131

Arquitecturas | analepse

Remexendo na minha caixinha de recortes de jornais e revistas encontrei uma notável entrevista publicada no Diário Insular de 23 de Março de 2003, da jornalista Andreia Fernandes ao Arqt. Souto Moura, aquando da sua visita a Angra do Heroísmo.
Da entrevista destaco a seguinte questão e resposta, já com menção à gasta palavra "crise" que anda de boca em boca volvidos mais de cinco anos:

"DI: O que é que diria da arquitectura em Portugal?
SM: Eu acho que num país que está com uma crise de identidade própria, porque o buraco não é só na economia, é um buraco mental, afectivo e cultural, há uma crise em que as pessoas não acreditam, uma crise de projecto, a arquitectura não é dos campos piores. Acredito que há um grupo de jovens arquitectos que vai ser muito talentoso, tenho visto obras de pessoas que noutros campos se calhar não existem."

Abaixo segue a entrevista integral:

Capa do jornal
artigo integral

Siza distinguido com a Royal Gold Medal

"Álvaro Siza é um arquitecto profundamente completo que desafia categorizações(...). O forjar de uma arquitectura magistral e aparentemente inevitável a partir das possibilidades de uma envolvente é uma das supremas características da sua arquitectura(...). Nos edifícios de Siza, talvez como em nenhuns outros, é à relação entre os elementos da arquitectura que é dada primazia, mais do que à forma ou textura dos próprios elementos. Esta é uma arquitectura na qual uma economia de meios expressivos é combinada com uma abundância de revelação espacial". Estes são excertos da acta do júri que atribui ao Arqt. Álvaro Siza Vieira o mais prestigiado prémio de arquitectura britânico, a Royal Gold Medal, prémio já atribuído a Corbusier (1953), a Frank Gery (2000) e Herzog e de Meuron (2007).
Siza fez uma única intervenção em território inglês em parceria com o Arqt. Souto Moura, o famoso pavilhão de Verão da conhecida Serpentine Gallery, no Hyde Park, de Londres, mas não é esta obra que o leva ao prémio, pois esta é uma distinção de carreira.
Mais um prémio a juntar-se aos muitos que já recebeu merecidamente.
A cerimónia de entrega da Royal Gold Medal está agendada para Fevereiro, em data a marcar. O Arquitecto dará uma conferência sobre a sua obra.
Serpentine Gallery Pavilion 2005, Hyde Park, Londres
Alvaro Siza e Eduardo Souto de Moura

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Inauguração Segurança Social das Flores Açores

No passado dia 1 de Outubro, foram inauguradas as novas instalações da Segurança Social das Flores, um projecto do Atelier José Castro Parreira arquitectos. O Secretário Regional dos Assuntos Sociais Domingos Cunha esteve presente e considera necessário dotar os serviços públicos do sector “de espaços modernos devidamente equipados de modo a garantir um atendimento personalizado e de qualidade”.
O projecto parte de um edifício existente e consiste na sua remodelação e ampliação. Respeitando as características e linguagem da pré-existência o edifício extendeu-se com uma volumetria e linguagem assumidamente contemporânea.

terça-feira, 7 de outubro de 2008

Dia Mundial da Arquitectura na Rádio

Ontem foi assinalado mais um Dia Mundial da Arquitectura, facto que não passou despercebido à RDP Açores, mais concretamente a Sidónio Bettencourt que lidera a equipa do Interilhas, programa semanal/matinal que ouço quase diariamente.
Participei nesse dia no seu programa.
Sidónio Bettencourt, jornalista, apresentador e poeta, autor da impressionante reportagem de rádio Baleeiros em Terra editada pelo IAC em cd, do livro de poesia Deserto de Todas as Chuvas, pela editora Salamandra e co-autor de Balada das Baleias, pela editora Veraçor, colocou pertinentes questões para o dia assinalado.
Quero aqui agradecer o tempo de antena que me permitiu, deixando-me falar acerca de arquitectura e da classe de arquitectos açorianos que optaram fazer carreira na sua terra. Falei um pouco das dificuldades que enfrentamos, dos desafios que a arquitectura contemporânea encara ao querer afirmar-se no nosso território e da sua intervenção em centros históricos.
Deixei como principal mensagem a necessidade de nos unirmos para combatermos problemas, reinvindicarmos o melhor para a nossa actividade e podermos ser ouvidos.
Nesta perspectiva, mais uma vez agradeço esta oportunidade por poder dar a minha opinião sobre um tema que no fundo interessa a Todos.

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

"A falência da Delegação dos Açores da Ordem dos Arquitectos"

"Há pouco mais de 10 anos, por iniciativa de um grupo restrito de arquitectos de São Miguel, avançou-se com a ideia de criar no arquipélago, à semelhança de outras partes do país, o Núcleo dos Açores da Ordem dos Arquitectos Portugueses.
Fomos contactados aqui na Terceira por esses colegas, que entretanto haviam já constituído uma lista e se propunham assegurar os órgãos sociais necessários, para validarmos as suas pretensões.(...)"

Ler integralmente em:
http://josecastroparreira.blogspot.com/

domingo, 5 de outubro de 2008

Edifício giratório | Arqt. David Fisher

video

Esta reportagem da RTP de Junho deste ano informa sobre o projecto para os primeiros prédios giratórios (que serão construídos um no Dubai e um outro em Moscovo), tendo sido apresentado em Nova Iorque pelo arquitecto italiano David Fisher. A Rotating Tower Technology Company, liderada pelo grupo Dynamic Architecture, revelou elementos do projecto, que terá 80 andares e 420 metros de altura. Ecológico e independente em termos energéticos, conseguindo auto-abastecer-se através de turbinas eólicas ajustadas entre cada andar, o futuro edifício do Dubai será o primeiro arranha-céus a ser totalmente construído a partir de peças pré-fabricadas, das quais resultará uma economia calculada em cerca de 20 por cento. "A nossa intenção é construir a terceira torre giratória em Nova Iorque ", confessou o arquitecto David Fisher.

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Arquitecturas | Paris


Imóvel na Boulevard des Invalides

Institut Français de la Mode, Quai d'Austerlitz

Espace d'exposition Citroen, Avenue des Champs Élysées (Manuelle Gautrand)


Centre Georges-Pompidou (Richard Rogers, Renzo Piano e Gianfranco Franchini)

Centre Georges-Pompidou (Richard Rogers, Renzo Piano e Gianfranco Franchini)

Centre Georges-Pompidou (Richard Rogers, Renzo Piano e Gianfranco Franchini)
Hotel Móvel Everland, actualmente situado no tecto do Palais de Tokyo em Paris

Musée du Louvre

Pyramide du Louvre (Arqt. Ieoh Ming Pei)

Musée d'Orsay

Musée du Quai Branly (Arqt. Jean Nouvel)
Musée du Quai Branly (Arqt. Jean Nouvel)

Musée du Quai Branly (Arqt. Jean Nouvel)

Musée du Quai Branly (Arqt. Jean Nouvel)

Vista aérea do Musée du Quai Branly (Arqt. Jean Nouvel)

Notre-Dame

Institut du Monde Arabe (Arqt. Jean Nouvel)

Institut du Monde Arabe (Arqt. Jean Nouvel)

Institut du Monde Arabe (Arqt. Jean Nouvel)

Fondation Cartier pour l'Art Contemporain (Arqt. Jean Nouvel)
Fondation Cartier pour l'Art Contemporain (Arqt. Jean Nouvel)

Fondation Cartier pour l'Art Contemporain (Arqt. Jean Nouvel)

Bibliothèque nationale de France (Arqt. Dominique Perrault)

Bibliothèque nationale de France (Arqt. Dominique Perrault)

Bibliothèque nationale de France (Arqt. Dominique Perrault)

Bibliothèque nationale de France (Arqt. Dominique Perrault)

Passerelle Bercy-Tolbiac (Dietmar Feichtinger Architectes)

Cinémathèque française (Arqt. Frank O. Gery)

Cinémathèque française (Arqt. Frank O. Gery)



Musée Rodin, Rue de Varenne

La Défense

Le Grande Arche, La Défense
Opéra de Paris, Bastille (Arqt. Carlos Ott)

Tour Eiffel

Tour Eiffel
Uma das esplanadas da Boulevard de Magenta